Saulo Góes pede inclusão de educadores no grupo de risco na vacinação do H1N1

por Comunicacao — publicado 25/04/2016 00h00, última modificação 29/10/2018 12h59
A indicação sugere que professor e assistentes de maternais sejam vacinados nas campanhas que acontecem na cidade

O vereador Saulo Góes (Psol), preocupado com a epidemia da gripe H1N1 ou influenza, pede através de indicação apresentada em sessão ordinária, terça feira, 19, pede que professores e assistentes de maternais sejam incluídos no grupo de risco na campanha de vacinação que acontece no município.
Para Saulo o contato diário com crianças de todas as idades faz delas grupo de risco, ele ainda explicou que o vírus possui um período de incubação e que mesmo oculto ele é transmissível, deixando as crianças expostas à contaminação.
“As professoras e assistentes de maternais, devem ser considerado grupo de risco, pelo contato diário e por se tornarem transmissores do vírus H1N1 para dentro de escolas, creches e maternais. Devemos pensar sempre em formas de proteger nossas crianças, e uma delas é imunizando aqueles que passam as vezes mais de oito horas por dia ao lado delas”, concluiu. 

error while rendering plone.comments