Saulo Góes cria prêmio de reconhecimento “Síndrome de Down, Viver sem Fronteiras”

por Comunicacao — publicado 08/10/2015 00h00, última modificação 29/10/2018 12h59
A premiação é uma forma de incentivar pessoas físicas e jurídicas a praticarem inclusão social

Na manhã de terça-feira, 06 de outubro, durante sessão ordinária, o vereador do PRB Saulo Góes apresentou projeto de lei que institui o Prêmio de Reconhecimento Humanitário: “Síndrome de Down, Viver sem Fronteiras”, destinado às pessoas físicas ou jurídicas que se destacarem por atitudes de fraternidade e solidariedade, por atos e obras de estímulo à inclusão social das pessoas com Síndrome de Down.
O nobre edil explica, que jovens e adultos com a condição de um cromossomo a mais (alteração genética que caracteriza a síndrome de down), possuem mais em comum com o restante da população do que diferenças e são capazes de desenvolver atividades sociais e profissionais com grande qualidade. Diante disso acredita-se que o Poder Legislativo poderá assim contribuir com a inclusão desses jovens e adultos.
“O projeto vai ao encontro de famílias que hoje possuem alguém com Síndrome de Down e necessitam de oportunidades para adentrar no mercado de trabalho. Acredito que qualquer pessoa, sendo bem treinada é capaz de desenvolver um bom trabalho, e com eles não é diferente, só faltava mesmo o incentivo”, afirmou Saulo Goés.
Os vereadores Chico Vilela (PTB) e Celso Calegare (PDT), manifestaram apoio ao projeto do companheiro de vereança, e elogiaram a iniciativa, pois acreditam que a inclusão é o caminho para uma vida melhor para essas pessoas.

error while rendering plone.comments