Maria Evangelista pede revogação de lei de denominação de prédios públicos

por Comunicacao — publicado 04/03/2016 00h00, última modificação 29/10/2018 12h59
A vereadora quer derrubar lei que limita a denominação de prédios ligados a educação

Durante sessão ordinária, terça feira, 01, o plenário aprovou o projeto de lei da vereadora Maria Evangelista (DEM), que tem como objetivo a revogação da lei nº 1.628 de 12 de setembro de 2006, que estabelece critério para as denominações oficiais de escolas e bibliotecas públicas municipais. A lei criada em 2006 deixava claro que só poderia se nomear prédios da área de educação, com nomes de pessoas que contribuíram de alguma forma com a vida acadêmica.
A intenção da vereadora Maria Evangelista é justamente acabar com essa determinação, para assim poder homenagear qualquer cidadão comum com a denominação de prédios públicos desde que tenha contribuído de forma positiva com a sociedade.
“A minha intenção na revogação dessa lei, é poder homenagear pessoas que contribuíram com a cidade, acho que é discriminatório só poder colocar nomes em prédios da educação, pessoas que trabalharam na área. Existem muitas pessoas na cidade que são merecedoras de homenagens como essa. Pessoas que não possuem formação, mais que foram fundamentais para o desenvolvimento da cidade.”, concluiu.
Os vereadores Kascata (PSB), Jânio (PMDB), Tarzan (SD) e Zé Baiano (SD), apoiaram o projeto da vereadora e justificaram que por muitas vezes pessoas importante falecem e os vereadores não conseguem homenagear o falecido por conta da lei que limita a denominação dos prédios, ainda afirmaram que agora muitas pessoas serão reconhecidas na cidade.

error while rendering plone.comments