Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Barueri terá política pública de incentivo ao aleitamento materno

Barueri terá política pública de incentivo ao aleitamento materno

Projeto reforça a importância do leite materno e estimula a conscientização sobre o tema. Prédios públicos poderão ter espaço reservado para mães alimentarem seus bebês
Barueri terá política pública de incentivo ao aleitamento materno

Foto: Marco Miatelo/Câmara de Barueri

Assegurar às mães e às crianças o direito ao aleitamento materno e promover a conscientização da sociedade sobre a relevância da amamentação nos primeiros meses de vida. Esses são dois dos objetivos propostos pela Política Municipal de Promoção, Proteção e Apoio ao Aleitamento Materno, instituída pelo Projeto de Lei 058/2022, aprovado pelos vereadores de Barueri na sessão de terça-feira, 9.

A matéria prevê ainda o estímulo a empresas e órgãos públicos para criarem ambientes que facilitem e levem conforto às mães para que possam alimentar seus filhos, além de estimular a doação com a expansão da rede de bancos de leite humano.

No campo da ciência, o texto também tem como objetivo incentivar estudos, e pesquisas e a realização de eventos sobre o tema, a fim de estabelecer bases para a adoção de hábitos de alimentação saudável.

Para a vereadora Cris da Maternal (PSDB), autora do projeto, criar políticas públicas que facilitem o acesso da criança ao leite materno é uma forma de cuidar da saúde das futuras gerações e de promover o estreitamento do vínculo da mãe com seu filho. “O aleitamento materno é a mais sábia estratégia natural de afeto, proteção e nutrição para a criança e constitui a mais sensível, econômica e eficaz intervenção para redução da mortalidade infantil”, justificou a parlamentar.

Cris destacou ainda o aspecto nutricional do leite materno, alimento que oferece vitaminas, minerais, gorduras, açúcares e proteínas adequadas para o organismo do bebê. “É fundamental que o poder público encontre maneiras de fomentar e estimular a amamentação de crianças matriculadas nas escolas maternais, para que elas tenham acesso a esta fonte riquíssima de alimentação”.

A vereadora recebeu o apoio dos colegas durante a discussão do projeto. Dra Claudia (PDT) lembrou a campanha Agosto Dourado, que promove a conscientização da importância do aleitamento. “A campanha leva esse nome porque o leite materno é um alimento padrão ouro. É o melhor que se pode dar a uma criança nos seis primeiros meses de vida”, explicou. “O leite materno ajuda na função intestinal, melhora o funcionamento dos rins e previne doenças alérgicas e infecciosas. As fórmulas, por mais caras que sejam, não oferecem à criança a mesma imunidade que a amamentação”.

O vereador Robertinho (SD) também ressaltou a importância do programa, que vai beneficiar milhares de crianças em Barueri. “É necessário começar a buscar mecanismos para que os filhos tenham garantido seu direito de serem amamentados. Tenho certeza de que o prefeito não vai medir esforços para que isso aconteça”.