Alunos da rede municipal têm ‘aula de cidadania’ no Parlamento 26 de Março

por Comunicacao — publicado 26/04/2019 11h26, última modificação 26/04/2019 11h26
Câmara recebe crianças para uma visita guiada por funcionários. Elas conheceram as instalações, a História, o funcionamento da Casa e as atribuições dos vereadores
Alunos da rede municipal têm ‘aula de cidadania’ no Parlamento 26 de Março

Silvio Macedo recepcionou os estudantes

Alunos do 3º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental João de Almeida, do Engenho Novo, tiveram uma aula bem diferente na tarde de quarta-feira, 24. Eles estiveram no Parlamento 26 de Março e, num passeio histórico e cultural pelos corredores da Câmara Municipal de Barueri, tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a cidade em que vivem.

Os 45 estudantes, com idades entre 7 e 9 anos, visitaram todos os departamentos e entenderam, bem de perto, como é o funcionamento da Casa. As crianças aprenderam um pouco do processo que envolve a elaboração das leis, a história do Parlamento e do município.

A professora Carolina Santos Rodrigues foi quem planejou a visita. A ação faz parte de um projeto do prêmio Professor Giz de Ouro, criado pelo Executivo. “Os alunos estão aprendendo sobre história. Já visitamos a Capela, o Museu e agora viemos à Câmara, onde os direitos são consolidados. É importante formarmos os alunos com base na democracia, para que conheçam e se insiram nas questões políticas do município”, explicou.

Após conhecerem o prédio da Câmara, os alunos foram recebidos pelo vereador Sílvio Macedo (DC) no plenário. O parlamentar explicou seu dia a dia na atividade e destacou a importância dos cidadãos no papel de fiscalização do trabalho dos políticos e da forma que a instituição vem trabalhando para aumentar sua transparência. “O cidadão deve fiscalizar quem elege, pois nós, políticos representamos o povo. Os estudantes ainda são muito novos para compreender tudo isso, mas tenho certeza que a semente da cidadania está sendo bem plantada”, afirmou.

E o vereador tem razão. Em um bate-papo com os alunos, não faltaram futuros candidatos ao Parlamento. “Eu quero ser vereadora para conversar com o presidente e fazer muitas coisas para ajudar as pessoas”, sonha a pequena Laila Oliveira, de 8 anos.

error while rendering plone.comments